Entendendo a Sociedade Japonesa – Cultura Popular e Cotidiano

Aos olhos ocidentais o Japão é um repositório infinito de símbolos e imagens que povoam o nosso imaginário desde sempre. Infelizmente, muitas dessas impressões são igualmente marcadas por estereótipos e processos de exotização. Como é viver no Japão dos dias de hoje? É verdade que o Japão é povoado unicamente por japonesas e japoneses? Como são as escolas japonesas? É verdade que o Japão vive um período de crescimento vegetativo negativo? E quais são as expressões culturais do cotidiano?

20/04, 27/04, 04/05 e 11/05 de 2022, quartas, 20h às 22h

SOBRE O CURSO

Aos olhos ocidentais o Japão é um repositório infinito de símbolos e imagens que povoam o nosso imaginário desde sempre. Infelizmente, muitas dessas impressões são igualmente marcadas por estereótipos e processos de exotização. Como é viver no Japão dos dias de hoje? É verdade que o Japão é povoado unicamente por japoneses? Como são as escolas japonesas? É verdade que o Japão vive um período de crescimento populacional negativo? E quais são as expressões culturais do cotidiano?

Essas são algumas das questões que permeiam as discussões do curso Entendendo a Sociedade Japonesa – Cultura Popular e Cotidiano, sucesso de 2021 do site Japanologia e que retorna para sua segunda edição, com análises e bibliografias renovadas especialmente para este ano de 2022.

Módulo 1 – Japaneseness

Neste primeiro encontro teremos uma reflexão sobre a composição da sociedade japonesa e sua variação étnica, considerando pontos sensíveis como miscigenação e os Hafu no Japão. Conheça as principais minorias étnicas no Japão e os desafios de se viver numa sociedade conectada.

Módulo 2 – Na Escola

Neste segundo encontro teremos uma discussão sobre o panorama educacional no Japão, como sua distribuição pelo território nipônico e seu alcance na sociedade. Questões sobre a presença das japonesas e japoneses nas universidades e sua relação com o universo do trabalho também serão debatidas neste momento.

Módulo 3 – Sociedade em Transformação

Neste terceiro encontro observaremos a rápida transformação da sociedade japonesa, considerando a ampliação da variação geracional em território nipônico. Cada vez mais a sociedade japonesa fica mais velha, trazendo consigo novos desafios que podem ser úteis para compreendermos algumas das dinâmicas do mundo contemporâneo.

Neste quarto e último encontro teremos uma reflexão sobre o alcance de uma cultura japonesa no mundo. Aos olhos ocidentais e no senso comum o Japão consegue o feito de unir duas dimensões supostamente díspares e excludentes, o tradicional e o moderno. Contudo, a análise desta aula mostra mais processos de continuidade do que descontinuidades.

Quando: 20/04, 27/04, 04/05 e 11/05 de 2022, quartas, 20h às 22h.

Onde: Plataforma Zoom (curso on-line).

Inscrições: para informações e valores enviar e-mail para acenbsc@gmail.com. Pagamentos aceitos via TED e PIX.

Informações importantes

As aulas também ficarão disponíveis off-line para que os alunos inscritos possam acessar o conteúdo posteriormente. Caso seja necessário rearranjar os horários das aulas, isso poderá ser feito de acordo com as necessidades dos participantes.

DURAÇÃO E FORMATO

4 aulas de 2 horas cada (com intervalo e momento de discussão), ministradas ao vivo no aplicativo Zoom.

PARA QUEM ESTE CURSO É VOLTADO

Este curso é voltado a todos os interessados nas temáticas referentes ao Japão e cultura japonesa, independentemente da sua escolaridade. Como característica dos Estudos Japoneses, este curso recorre a leituras de várias áreas do conhecimento, podendo ser interessante para todos aqueles que se interessem em Ciências Humanas, em especial Antropologia Social, História, Psicologia e Sociologia.

FACILITADOR

Prof. Dr. Victor Hugo Kebbe – Doutor em Antropologia Social pela UFSCar; ex-fellow de Japanese Studies/Intellectual Exchange da Japan Foundation (Tokyo, Japão); ex-pesquisador associado da Faculdade de Educação da Shizuoka University (Shizuoka, Japão); ex-pesquisador associado do Nanzan Anthropological Institute e do Nanzan Institute for Religion and Culture (Nagoya, Japão); Pós-Doutor pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, UFSCar e Nanzan University.

CURSOS ACENB E JAPANOLOGIA

A parceria entre a Biblioteca Temática da ACENB São Carlos e o site Japanologia completa cinco anos em 2022, levando a todos os interessados várias discussões envolvendo a cultura japonesa sob diferentes perspectivas. Os cursos têm sido ministrados ininterruptamente ao longo destes anos, contribuindo para o entendimento da cultura e sociedade japonesa.

DEPOIMENTOS DE ALUNOS

Aprendi muito sobre a cultura do Japão, principalmente dos nossos ancestrais. Tive a oportunidade de conhecer sobre os hábitos, a arte, a estética, a filosofia, a religião… Outro ponto positivo do curso é que o Prof. Victor Hugo sempre nos dá boas dicas sobre livros, filmes, lugares a conhecer… Portanto, gostaria de continuar, pois sinto-me motivada a pesquisar e a questionar cada vez mais sobre minhas origens. – Tereza

Os cursos são muito ricos pra quem tem interesse em entender melhor a cultura japonesa em seus aspectos históricos, artísticos, culturais, filosóficos e religiosos. Além disso, sempre há indicações de materiais (livros, filmes, etc.) para aprofundamento. – Mayara

O que os cursos que o professor Victor Hugo Kebbe ministra na ACENB São Carlos têm de mais singulares são o total alcance nos mais diversos públicos que participam de suas aulas através de uma didática clara e o uso muito apropriado das referências culturais (livros, filmes, animes, mangás) e pessoais através de suas experiências in loco no Japão. Não há aqui o ranço acadêmico que tanto assusta leigos e nem tão pouco a superficialidade que afasta os mais familiarizados com o assunto. Para os jovens ocorre a descoberta, para os adultos a redescoberta de signos e significados que fazem ou fizeram parte de suas vivências, mas não tinham sido explorados ao ponto de serem identificados e apreciados. Ao final todos descobrem um outro eu pelo olhar cultural, histórico e social do Japão. – Renato