Midnight Diner: culinária e cultura japonesa em análises antropológicas

Ele abre seu restaurante todos os dias, à meia-noite, buscando atender os fregueses assim que deixam o trabalho nas noites de Tokyo. A série, um sucesso no Japão e referência na Netflix, é o tema deste curso inédito. As aulas são ancoradas nos referenciais teóricos da Antropologia Social e dos Estudos Japoneses.

10, 17, 24 de junho e 1 de julho, quintas, das 20h às 22h

Sobre o curso

Ele abre seu restaurante todos os dias, à meia-noite, buscando atender os fregueses assim que deixam o trabalho nas noites de Tokyo. O restaurante fica em Shinjuku e se esconde atrás de uma portinhola e um noren, apenas com uma lanterna indicando que lá se servem refeições. Contudo, o Mestre faz questão de atender os pedidos dos clientes, sempre remetendo a pratos simples e típicos da culinária caseira do Japão. Entre um lámen e um omuraisu, conhecemos pessoas comuns com seus problemas mundanos e um anseio por nostalgia e um pouco de paz diante das agruras do dia. A série , um sucesso no Japão e referência na Netflix, é o tema deste curso inédito, . As aulas são ancoradas nos referenciais teóricos da Antropologia Social e dos Estudos Japoneses, analisando episódios selecionados da Primeira Temporada do seriado.

Quando: 10, 17, 24 de junho e 1 de julho de 2021, 20h na Momonoki. Saiba mais aqui.

Conteúdo abordado em cada aula

Aula 1: Comida não é só boa para comer, mas também para pensar
Comida não é apenas um conjunto de nutrientes a serem ingeridos para atender a determinadas necessidades fisiológicas das pessoas. Pela comida e pela alimentação também conseguimos entender como as sociedades se pensam e se organizam. Neste encontro introdutório teremos a apresentação dos fundamentos da Antropologia da Alimentação, trazendo assim ferramentas importantes para entender a sociedade e a cultura japonesa.

Aula 2: Liga a TV naquele programa culinário
Desde a década de 1980 o Japão é tomado por mangás e programas televisivos com temática culinária. A explosão de uma cozinha gourmet no período impulsiona, por sua vez, o revival de uma culinária afetiva e caseira. Neste encontro será apresentado este panorama das produções culinárias japonesas e em como ela se baseia em estruturas comuns. Os episódios Lámen (temporada 1 – EP 01) e Tonteki (temporada 1 – EP 03) serão utilizados como base para compreendermos algumas destas estruturas.

Aula 3: Culinária japonesa e masculinidades
Antropólogxs já observam no Japão uma mudança significativa no tecido social japonês por meio destes mangás e programas televisivos culinários japoneses, indicando uma transformação nas relações de gênero. Episódios analisados: Omuraiso (temporada 1 – EP 04) e Tamago (temporada 1 – EP 05).

Aula 4: Culinária japonesa e identidade
O Japão sempre teve muito apreço por seus pratos tidos como tradicionais ou pela releitura à japonesa de pratos de origem estrangeira. A comida nos diz muito sobre como essa sociedade se pensa e se coloca no mundo. Episódios analisados: Presunto Empanado (temporada 1 – EP 09) e Macarrão no Réveillon de Ano Novo (temporada 1 – EP 10).

Duração e formato

4 aulas de 2 horas cada (com intervalo e momento de discussão), ministradas ao vivo no aplicativo Zoom

Para quem este curso é voltado

Este curso é voltado para todos os interessados nas temáticas referentes ao Japão, cultura e culinária japonesa. Por conta do caráter multidisciplinar dos Estudos Japoneses, este curso é voltado para uma ampla gama de interesses das Ciências Humanas, em especial Antropologia Social, História, Psicologia e Sociologia.

Facilitador

Prof. Dr. Victor Hugo Kebbe – Doutor em Antropologia Social pela UFSCar; ex-fellow de Japanese Studies/Intellectual Exchange da Japan Foundation (Tokyo, Japão); ex-pesquisador associado da Faculdade de Educação da Shizuoka University (Shizuoka, Japão); ex-pesquisador associado do Nanzan Anthropological Institute e do Nanzan Institute for Religion and Culture (Nagoya, Japão); Pós-Doutor pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, UFSCar e Nanzan University.