Kakuozan Nittaiji

Construído em 1904, o Templo Nittaiji abriga uma porção do Buddha Shakiyamuni, doada pelo rei da Tailândia. Naquele tempo o rei decidiu doar porções dos restos de Buddha para outras nações budistas, incluindo Japão, Myanmar e Sri Lanka. De acordo com um panfleto do Nittaiji, os restos de Buddha foram descobertos em 1898 na Índia, durante a escavação do monte Piprahwa. Naquela época o governo indiano doou tais restos para a Tailândia, o único país budista independente no mundo.

Kakuozan Nittaiji

O mais interessante do Nittaiji é o bairro que o rodeia. Seguindo a sugestão de um grande amigo da Nanzan University, o bairro, chamado de Kakuozan, reúne um comércio bastante característico de artesanato, chás especiais, cafés e roupas. Conforme se caminha em direção ao templo, o bairro é dominado por um comércio funerário típico budista, com lojas para butsudan, acessórios, lápides, etc.

O bairro abriga uma feira típica sempre no terceiro domingo de cada mês, reunindo várias pessoas de Nagoya. Nestes dias, é possível observar várias filas para comer Lamen ou mesmo tomar um café. Apesar de pequeno, Kakuoza é minha região favorita da cidade, com uma energia bastante diferente da encontrada em outras cidades japonesas. Escrever esse artigo super curto e rever as fotos só me fez ficar mais nostálgico.

Kakuozan Nittaiji

Victor Hugo Kebbe

Um comentário em “Kakuozan Nittaiji

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s