Kakuozan Nittaiji

Construído em 1904, o Templo Nittaiji abriga uma porção do Buddha Shakiyamuni, doada pelo rei da Tailândia. Naquele tempo o rei decidiu doar porções dos restos de Buddha para outras nações budistas, incluindo Japão, Myanmar e Sri Lanka. De acordo com um panfleto do Nittaiji, os restos de Buddha foram descobertos em 1898 na Índia, durante a escavação do monte Piprahwa. Naquela época o governo indiano doou tais restos para a Tailândia, o único país budista independente no mundo.

Kakuozan Nittaiji

O mais interessante do Nittaiji é o bairro que o rodeia. Seguindo a sugestão de um grande amigo da Nanzan University, o bairro, chamado de Kakuozan, reúne um comércio bastante característico de artesanato, chás especiais, cafés e roupas. Conforme se caminha em direção ao templo, o bairro é dominado por um comércio funerário típico budista, com lojas para butsudan, acessórios, lápides, etc.

O bairro abriga uma feira típica sempre no terceiro domingo de cada mês, reunindo várias pessoas de Nagoya. Nestes dias, é possível observar várias filas para comer Lamen ou mesmo tomar um café. Apesar de pequeno, Kakuoza é minha região favorita da cidade, com uma energia bastante diferente da encontrada em outras cidades japonesas. Escrever esse artigo super curto e rever as fotos só me fez ficar mais nostálgico.

Kakuozan Nittaiji

Victor Hugo Kebbe

1 comentário Adicione o seu

  1. joeythebuddhist disse:

    I love that style of architecture!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s